O início

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O início

Mensagem por Shon Agria em Qui Nov 12, 2015 9:29 pm

❝Arco I - Devil Guild❞



Boatos da formação de uma nova guilda das trevas caminham por todo o reino de Fiore. Há quem diga que a nova guilda se equipara a outras famosas como Grimoire Heart no quesito "poder". Vilas e cidades pequenas foram inteiras destruídas em minutos por seus membros, sendo apenas quatro os conhecidos. Testemunhas afirmaram ter visto mulheres-demônios destruindo tudo com magia. Apesar de todo o alvoroço e confusão que essa guilda vem causando, seu motivo é desconhecido e pouco se sabe sobre seus membros, apesar de haver suposições acerca do uso de Take Over por todos os membros conhecidos. Até então, três.

Depois de dias de pesquisa e espionagem, o conselho mágico descobriu a localidade da sede da guilda das trevas nomeada "Hungry Demons", mas os membros enviados para o ataque acabaram sendo aniquilados. Então resolveram pedir ajuda das guildas oficiais mais poderosas e conhecidas. Blue Pegasus e Fairy Tail.

Uma carta com máxima urgência foi enviada para os mestres das duas guildas, pedindo que enviassem alguns de seus magos para um ataque à Hungry Demons com o intuito de fazer justiça e prender os culpados pela destruição das cidades e morte de inúmeros inocentes.

As instruções das cartas eram claras: os três membros conhecidos, nomeados como "posto" não deviam ser enfrentados juntos. Se quisessem ter alguma chance de vitória, os membros da Fairy Tail e Blue Pegasus enviados para essa missão deviam separar as três o quanto antes.

Da Fairy Tail foram escolhidos usuários de magias perdidas: Houjimmy Trueheart, Light God Slayer; e Chrno Sunder, que usa Arc of Time. O mestre da guilda achou que os dois seriam suficiente para colher informações. Enquanto da Blue Pegasus foram escolhidos alguns bons magos, mas a maioria usuários de magias comuns. Shon Agria, Celestial Spirit Magic; Attsuya, Light Dragon Slayer; e Shirogane Pendragon, The Knight. Cinco magos para enfrentar uma poderosa guilda das trevas a qual somente três magos eram conhecidos. Seria suficiente?


Aos players:

Ordem de postagem:
->Chrno;
-> Houjimmy;
-> Shon;
-> Attsuya;
-> Shiro;
-> Narrador.

-> Não haverá narrador na primeira rodada de posts, visto que todos os players só narrarão terem sido escolhidos para tal missão e seguirão até o ponto de encontro.
-> Houjimmy e Chrno sairão de Magnólia nesse primeiro post e seguirão para Oshibana a mando do mestre.
-> Shon, Attsuya e Shiro sairão de Oak Town nesse primeiro post e seguirão para Oshibana a mando do mestre.
-> Os players devem narrar que se encontraram na porta de um restaurante na cidade para planejar o que fariam quanto a missão que lhes fora dada e, só então, o narrador vai postar. Na segunda rodada de postagem.
Hungry Demons:

-> Os "postos" estão sempre com a transformação Take Over ativa.
A Líder:
A Capitã:

Sim, é um homem.
Terceiro Posto:
Segundo Posto:
Primeiro Posto:

Esconderijo em Caverna:

A entrada da caverna encontra-se destruída. A guildas das trevas derrubou-a para cobrir seus rastros. Dentro da caverna há uma passagem secreta escondida atrás de uma rocha grande e estranha que leva a um laboratório e diferentes espaços.

East Town:

O ataque aconteceu ha dois dias.
Aparenta ter sido destruída por algum tipo de magia. Não há muitos corpos de vítimas, apesar da imensa destruição das estruturas dos edifícios da cidade.
Great Village:

O ataque aconteceu a cerca de um dia.
Aqui mataram todos de maneira macabra. Há cabeças espalhadas pelas calçadas da pequena cidade, corpos pendurados no alto de postes, queimados, etc... No centro, é difícil encontrar um lugar onde inexista sangue espalhado no chão.


Última edição por Shon Agria em Seg Nov 16, 2015 7:31 pm, editado 1 vez(es)

_________________
"A PERFEIÇÃO EXISTE, SIM; SÓ É CONHECIDA COMO LOUCURA."
avatar
Shon Agria
Blue Pegasus
Blue Pegasus

Mensagens : 184
Data de inscrição : 09/08/2012
Idade : 20

Ver perfil do usuário http://fairytail-legend.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por ADM - Chrno Sunder em Qui Nov 12, 2015 10:37 pm

Havia acordado a pouco tempo, tomado banho e agora estava comendo cafe da manha no salão da guilda. eram umas oito horas da manha. A maioria dos magos ja estava acordados, tomando cafe ou esperando Mirajane trazer os novos trabalhos para fixar no quadro do mural.

Meu cafe da manha era um tanto sem graça, aveia, maça, leite e mel. Não era minha primeira opção de comida, talvez uma das ultimas, mas Mirajane havia insistido que eu devia ter uma dieta balanceada e me recusou a dar outro tipo de refeição.

Acabei de comer e fiquei pensando que tipo de missão apareceria hoje, alguma fácil e muito lucrativa sempre passava pela minha cabeça, apesar de saber que não seria bem assim. Mirajane apareceu em um canto com os panfletos e todos foram em direção ao quadro de avisos para pegar os melhores trabalhos primeiro. Quando ia me levantar senti alguém puxando minha calça, era o mestre Makarov, que me falou para segui-lo.

Entramos em uma sala reservada e ele me mandou sentar. Aquilo não era comum. Ele me contou que uma guilda das trevas apareceu, ate agora eram conhecidas três magas apenas, provavelmente usuárias da magia Take Over. Ele parou e pensou um pouco com ar preocupado. - Você não e obrigado a aceitar sair nessa caçada conta a guilda das trevas, porem acho que seria uma boa oportunidade para aprimorar suas habilidades e melhorar o trabalho em equipe, ja que essa missão vai ser realizada em conjunto com a guilda Blue Pegasus, se não me engano eles estarão mandando três magos, a quarta desistiu quando soube da missão. - Ele parou e ponderou um pouco - Da Fairy Tail decidi chamar apenas você e o Houjimmy, então aceita ir?

Confirmei que queria ir e o mestre Makarov terminou de explicar os detalhes da missão. Em seguida fui para o dormitório arrumar minhas coisas e voltei para o salão da guilda para esperar Houjimmy.
avatar
ADM - Chrno Sunder
Fairy Tail
Fairy Tail

Mensagens : 168
Data de inscrição : 10/08/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por ADM-Houjimmy em Qui Nov 12, 2015 11:27 pm

Era uma calma manhã de primavera em Magnólia. Eu havia acabado de acordar e achei melhor tomar o café da manhã com o pessoal na guilda, mas para a minha surpresa quase todos já tinham tomado o café.

Mirajane insistiu que eu comesse alguma coisa saudável. Ela me ofereceu leite, maçã, aveia e mel.

Perguntei: – Isso é algum tipo de punição? Pensei que você já tivesse me perdoado pelo negócio dos peitos..

Ela disse:
– Aquilo é passado, e você precisa uma dieta balanceada se quiser ficar mais forte. – ela então puxou as minhas bochechas e disse – mas você só ficará forte se estiver vivo, então nunca mais faça aquilo.

Quando estive longe dos olhos de Mirajane, dei uma escapada e peguei algo de café preto e biscoitos para tomar com o leite. Foi então que o Mestre apareceu e me disse:

– Assim que terminar o seu café venha até a sala reservada, preciso falar com você.

Engolí o resto da minha ceia matinal com pressa e me dirigí à sala onde o mestre estava.

Ele pediu que eu me sentasse. Ele contou que uma nova guilda das trevas poderosa apareceu, e que as pessoas que o conselho mágico mandou para investigar desapareceram. Ele disse que foi pedida a cooperação da Fairy Tail para prender seus membros. As informações que ele tinham daquela guilda é que até agora eram conhecidas apenas três de suas integrantes, prováves usuários da magia Take Over.

Então ele se recostou na cadeira e disse. – Você não e obrigado a aceitar essa difícil missão contra tal guilda das trevas, porém acho que é uma boa oportunidade para o seu crescimento pessoal como mago. Essa missão será realizada em conjunto com a guilda Blue Pegasus. Eles mandarão três de seus magos, e daqui da Faiy Tail estou pensando em enviar o Chrno e você. O que acha?

Como era um pedido do mestre, eu tive que aceitar. Assim que ele terminou de me explicar todos os detalhes da operação, eu fui para casa arrumar minhas coisas e pegar o Hawk. Quando eu expliquei para Hawk o que iríamos fazer, ele grunhiu e me disse:

– Mas você está louco se acha que eu vou trocar o conforto da minha casa confortável por uma missão suicida. Boa sorte! – Ele se virou para trás e continuou falando – e me traga alguns doces se voltar vivo!

Eu respondi: – Se eu voltar vivo vou fazer porco assado pra comemorar! - eu disse, com um olhar ameaçador.

Tendo convencido Hawk a me acompanhar na caçada, segui em direção a guilda para me encontrar com Chrno. De lá nós fomos até a estação ferroviária, onde pegamos o trém que vai de Magnólia até Oshibana. Saindo da estação, seguimos para o ponto de encontro, que era um Restaurante.

Chegamos cedo ao restaurante, que não estava muito cheio. Nenhum dos clientes que alí estavam batiam com a descrição que o mestre deu dos magos da Blue Pegasus que nos acompanhariam. Resolvi então esperar do lado de fora, junto com Chrno e Hawk.

_________________
Eu trabalho demais na Fairy Tail.

Minha Ficha
avatar
ADM-Houjimmy
Fairy Tail
Fairy Tail

Mensagens : 170
Data de inscrição : 15/08/2012
Localização : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por Shon Agria em Sex Nov 13, 2015 1:07 am

❝Goodbye❞



Outro dia comum se iniciava na Blue Pegasus. Shon, acordou com o sol entrando por suas cortinas de tecido fino que cobriam as enorme janelas e vidro. Havia colocado as mais pesadas para lavar todas juntas. Que arrependimento. O sol não lhe deixava acordar depois das sete e ele odiava não conseguir dormir outra vez depois de acordar com aquela luz na cara.

Levantou-se mal humorado e caminhou até seu banheiro batendo os pés. Tomou um banho tão longo quanto se pode ser, na tentativa de se acalmar. Sempre que era despertado dessa forma ficava de mal humor e acabava tratando todos mal. Não queria mais tratar Shion, nem ninguém dessa forma.

Algum tempo depois ele desceu as escadas de mármore branco do edifício e foi para o prédio principal da guilda, onde encontrou muitos tomando café da manhã ainda, mas a maioria já tinha acabado a tempos. Hibiki, Eve e Ren estavam sentados em frente ao balcão enquanto o mestre Bob os servia café. Shon riu da maquiagem pesada que aquele homem usava àquela hora da manhã, sempre foi assim, mas dessa vez mais pesada que o normal. — Bom dia, Shon! — O mestre exclamou. — Bom dia. — O garoto respondeu desanimado. — Ainda sem as cortinas? — Hibiki perguntou. Shon apenas assentiu e virou o copo cheio de café quente em sua boca, cuspindo em seguida. — Porra! Queimei minha boca toda! — Shon reclamou e os quatro homens ali se calaram. Só então ele percebeu que havia acabado de falar palavrão perto do mestre.

Bob carregava uma máscara de ira em seu rosto, que Shon preferiu não olhar por muito mais que um segundo. — Vamos para a minha sala. Agora. — Sibilou. Shon, então, levantou-se e caminhou até a sala do mestre, preparando-se para o esporro. Ao entrar, se sentou à mesa. — Te chamei aqui porque quero que você saia em um trabalho importante hoje. — Disse o senhor careca balançando as duas asinhas que pendiam de suas costas. Antes que Shon pudesse dizer algo ele prosseguiu.  — A Shion desistiu, não quis ir. Mas Attsuya e o Shiro-san vão junto com você. — Foi interrompido por Shon. — A Shion desistiu? Como assim? — O jovem perguntou, tentando entender o motivo de sua amiga não querer ir em um trabalho designado pelo próprio mestre. — O conselho mágico pediu ajuda das guildas oficiais para caçar uma guilda das trevas recém formada que está causando muitos problemas. Serão dois da Fairy Tail e vocês três daqui.  — Explicou.

Shion devia ter desistido por medo, ou se sentir fraca. Shon não sabia dizer, mas acreditava não ter a chance de perguntar antes de partir. Não havia a visto naquela manhã e - pelo tom do mestre Bob - aquilo era de extrema urgência. Precisava partir o quanto antes. Assim que saiu da sala do mestre, Shon seguiu para os dormitórios outra vez. Arrumou uma mochila com o básico: saco de dormir, roupas, objetos de higiene pessoal, repelente, cordas, isqueiro, kit de primeiros socorros, enfim, tudo o necessário e até alguns itens desnecessários. Não importava o que acontecesse, ele sempre teria algo útil naquela mochila.

Assim que desceu para o edifício principal novamente viu que Suya e Shiro já estavam prontos. Na porta, deu uma última olhada para dentro da guilda. Todos acenavam em adeus. Hibiki, Eve e Ren ainda estavam sentados ao balcão. Shion não havia aparecido e Rin piscou para Shon enquanto acenava, o que o fez se apressar para sair dali o mais rápido possível. Depois da proeza de Virgo dizer para Rin que Shon estava afim dele, a vergonha do garoto havia dobrado e ele vinha evitando o "amigo" desde então.

Suya e Shiro:

-> Podem narrar a chegada no restaurante. Não citei nada porque não posso narrar as ações de vocês, apesar de ja ter feito isso no post. ç.ç

_________________
"A PERFEIÇÃO EXISTE, SIM; SÓ É CONHECIDA COMO LOUCURA."
avatar
Shon Agria
Blue Pegasus
Blue Pegasus

Mensagens : 184
Data de inscrição : 09/08/2012
Idade : 20

Ver perfil do usuário http://fairytail-legend.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por Attsuya em Sex Nov 13, 2015 8:09 am

❝Caçada❞




Mais um dia se iniciava na Blue Pegasus. Attsuya já estava de pé, pois não gostava de acordar tarde. Ele vestia um belo pijama da cor azul claro, em seus pés estava uma pantufa da mesma cor da roupa que ele vestia. O vermelho de seus cabelos realçava o pijama e a pantufa que o garoto usava.

Minutos depois o garoto se direcionou para seu guarda roupa e abriu o mesmo. Lá havia várias roupas que o garoto poderia usar, mas para cada peça ele tinha um sentimento e uma lembrança. Ele pegou as vestes que já estava acostumado a usar e vestiu-as. Algum tempo depois ele desceu as escadas da estalagem em que morava e foi em direção ao prédio principal da guilda.

Ao chegar lá ele viu que muitos ainda estavam tomando um café simples, mas a maioria já havia acabado. No balcão da frente estavam sentados Hibiki, Even e Ren, enquanto o mestre Bob servia o café. Attsuya procurou uma mesa vazia e se sentou na mesma, segundos depois, o mestre de sua guilda fora o servir.

O café era bem balanceado, chá, biscoitos, pão, mel e leite. Após terminar de tomar seu café da manhã, Bob se aproximou novamente e o chamou o rapaz para ir até a sala particular. Lá na sala Bob explicava sobre uma caçada.

-Te chamei aqui porque quero que saia em um trabalho importante. –Deu uma pausa rápida e então continuou. -O conselho mágico pediu ajuda das guildas oficiais para caçar uma guilda das trevas recém-formada que está causando muitos problemas. Serão dois da Fairy Tail e vocês três daqui. –Finalizou o mestre.

Attsuya já sabia quem iria atuar para a Blue Pegasus, estava na cara que seria Shon e o seu irmão Shiro. Depois de terminar a conversa, o garoto se retirou da sala e foi para sua casa, arrumar suas coisas para a caçada. Tempo se passou e o garoto chegou em sua casa, pelo visto iria dar um bom tempo até que ele arrumasse suas coisas. Ele andou até o quarto e pegou uma mochila que havia comprado em um festival. Dentro daquela mochila ele colocou alguns Bandaids, isqueiro, 2 litros de água, 200 gramas de batatinhas e kits de primeiros socorros. Ali estava tudo que ele iria precisar para a caçada, a única coisa que ele não sabia era se ele iria voltar vivo ou morto. Novamente saiu da estalagem e foi para o edifício principal da Blue Pegasus.

O garoto avisou que já estava pronto e foi até a porta do edifício, lá ele encontrou alguns amigos que também iria participar. Shiro, o seu irmão e Shon, um de seus colegas. Shon não parava de acenar para Attsuya e Shiro, parecia um bobo alegre caindo em uma isca. Com alguns movimentos o garoto se aproximou de Shon e perguntou para o mesmo.

-Shon, como vai? Oque iremos fazer agora? Você sabe? –Perguntava o garoto aguardando a resposta do amigo.


_________________
avatar
Attsuya
Blue Pegasus
Blue Pegasus

Mensagens : 59
Data de inscrição : 31/10/2015
Idade : 14
Localização : Brazilian

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por Shiro em Sab Nov 14, 2015 2:51 pm




Após regressar de uma de suas costumeiras manhãs de exercícios, Shiro entrou pelo salão principal da guilda e foi tomar um café da manhã reforçado para que recuperasse as energias. Tentou ser discreto enquanto juntava uma pilha de comida em seu prato: ovos cozidos; várias fatias de pão assado; uma tigela com salada de frutas e mel; outra tigela com cereais e leite; e por fim, uma xícara de café bem servida pelo Mestre Bob.

- Você come bastante, meu jovem! - Disse Bob enquanto levemente cobria um sorriso com a mão direita. - É bom que você coma mesmo, precisará de muita energia para um trabalho urgente. Assim que terminar, suba até meu escritório para que lhe passe os detalhes. - Bob então se afastou com uma expressão mais séria, aparentemente o trabalho era algo muito importante.

Shiro se apressou para comer tudo aquilo da maneira mais rápida que pudesse, chegando até a engasgar um pouco, para sua sorte, Eve apareceu deu um tapa em suas costas para que o ajudasse. Aparentemente os outros membros da Blue Pegasus começavam a ocupar o local, trio formado por Eve, Ren e Hibiki andava sempre junto e nesse momento se reuniam em frente ao balcão do bar, provavelmente esperando  uma xícara de café de Bob.

Assim que terminou de comer tudo, Shiro subiu rapidamente as escadas de mármore e se dirigiu ao escritório oficial do Mestre de Guilda e sentou-se na poltrona de couro situada ao lado oposto da mesa de Bob. O Mestre então tomou uma expressão bem séria e lhe disse: - Aparentemente surgiu uma nova guilda das trevas que vem atacando cidades e pessoas inocentes. Eles se denominam como "Hungry Demons", e o conselho mágico nos pediu para pará-los. -

Bob então buscou uma carta com o brasão de uma guilda conhecida e retomou suas instruções. - Você ira em uma missão junto de outros dois companheiros de nossa guilda e mais dois magos da guilda Fairy Tail. Pela carta que recebi de Makarov, os magos se chamam Houjimmy e Chrno. Aquele baixinho deve possuir confiança nesses dois assim como eu tenho em vocês. Seus companheiros daqui serão Shon Agria e o rapaz que você acolheu como irmão, o Attsuya. -

O Mestre da Guilda parou por um segundo, buscou outra carta e suspirou. Levantou-se um pouco da cadeira e prosseguiu com um ar de preocupação: - O conselho mágico mandou alguns espiões para buscar informações dessa guilda. Parece que três de seus magos atendem por "postos" e usam de magia Take Over, talvez por isso de se chamarem de "Demônios". O conselho recomendou que, em hipótese alguma, esses três "postos" devem ser confrontados quando juntos. Se vocês quiserem ter uma chance de ganhar, deverão separá-los e lutarem. Não possuímos muitas informações do porquê disso ou qualquer coisa útil sobre essa guilda, por isso, peço que cuide de seus parceiros da guilda e tomem bastante cuidado. -

Bob sentou-se outra vez e terminou a reunião dizendo: - Você já pode ir arrumar suas coisas e esperar seus companheiros no salão principal, depois disso irão até esse restaurante. Boa Sorte! - Entregou um cartão com o nome do restaurante para Shiro e se retirou da sala, regressando ao salão principal e servindo café aos outros membros da guilda.

Shirou partiu para seus aposentos e banhou-se rapidamente para retirar o suor de sues exercícios. Começou a arrumar uma bolsa com o  que pensava ser necessário para a caçada: Lanches; Mudas de roupas; Bastante agua; Cordas, caso precisasse amarrar os magos; Bandagens e antissépticos, caso precisasse tratar feridas muito simples; Mais lanches; Um isqueiro prateado que sempre levava consigo; Algumas tochas; Objetos para usar em sua higiene pessoal; Um saco de dormir; Algumas bugigangas extras e por fim, mais lanches.

Após arrumar sua mochila, vestiu-se de maneira diferente de quando ia em trabalhos simples. Em vez de usar o terno negro de sempre, Shiro já vestiu-se com sua armadura mais simples, presente que havia ganhado ao entrar na Guilda e para relembrá-lo de sua terra natal. Era o conjunto "Pendragon Hauberk", uma armadura muito simples porém útil em batalha. Levava na barra da saia da armadura, o símbolo dourada da Guilda Blue Pegasus, mostrando o orgulho que tinha daquele local.

Com tudo pronto, desceu até as portas do salão principal e esperou os outros dois jovens. Assim que se encontrou com seus parceiros, se despediu de todos, até que notou a falta de alguém. Sua amiga Shion não estava por ali, aparentemente, ela havia se perdido do antigo amigo gato/sapo, deveria estar passando um tempo com ele após terem se reencontrado. Alguns outros olhares eram engraçados, principalmente entre Shon e Rin, alguma coisa devia ter acontecido que Shiro ainda não sabia. Por fim partiram até a estação de Oak Town, com destino a Oshibana.

Após chegar na outra cidade, o trio de Blue Pegasus logo encontrou o restaurante combinado e avistou os membros da outra guilda. Tinham chegado mais cedo também, isso era ótimo, assim todos poderiam adiantar as coisas e comer logo. Quando se aproximou dos membros da outra guilda, estendeu a mão para eles esperando que fosse cumprimentado de volta e se apresentou: - Eu sou Shirogane e esses são: Shon e Attsuya. - Apontava em direção aos dois jovens que estavam com ele na ordem em que mencionava seus nomes. - Bom, por que não discutimos as coisas lá dentro? - Shiro se dirigiu até a porta e a abriu, mantendo-a assim até que todos tivessem passado.


_________________
...R.I.P to my youth, you can call this the funeral...
avatar
Shiro
Blue Pegasus
Blue Pegasus

Mensagens : 83
Data de inscrição : 31/10/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por ADM - Chrno Sunder em Sab Nov 14, 2015 10:20 pm

Chrno segui Houjimmy durante a viagem até o restaurante. Chrno esta distraído perdido em seus pensamentos - para virem cinco magos das melhores guildas de fiore essa guilda das trevas deveria ser forte. O ponto crucial seria quão bem se dariam com os membros da Blue Pegasus, se aparecessem muitos atritos as consequências poderiam ser graves.

Chrno viu de longe seu antigo companheiro de missão se aproximar e se divertiu com a cara que ele fez ao ver Chrno ali.

Cara de Shiro
Spoiler:

Shiro falou - Eu sou Shirogane e esses são: Shon e Attsuya.

- Lógico que sei quem é você marido, ja se esqueceu de nossa lua de mel? Prazem em conhece-los Shon e Attsuya. Meu nome e Chrno, e esse e Houjimmy.

- Bom, por que não discutimos as coisas lá dentro?

Pensando em comida como sempre Shiro - falei segurando no braço de Shiro e puxando-o para dentro. - Vamos sim, estou louco para tomar uma cerveja.

Chrno entrou seguido pelos outros magos e foi ate uma mesa em um canto e sentou. La teriam mais privacidade para conversar. Chrno pediu uma cerveja para cada e 3 porções de costela de porco, uma de batata e uma de pão para todos dividirem. Hawk olhou para Chrno com desaprovação mas foi ignorado.

Depois de um longo gole em sua cerveja Chrno falou - Bom, acho que deveríamos fazer as apresentações melhor. Sou Chrno, mago da guilda Fairy Tail e uso a magia Arc of Time. A um tempo fui em uma missão com Shiro e tivemos uma lua de mel inesquecível - falei piscando o olho para Shiro.

_________________
avatar
ADM - Chrno Sunder
Fairy Tail
Fairy Tail

Mensagens : 168
Data de inscrição : 10/08/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por ADM-Houjimmy em Dom Nov 15, 2015 10:09 am

Nos encontramos então com os três membros da Blue Pegasus que nos acompanhariam na missão. Apertei as mãos de cada um deles com um sorriso no rosto e disse.
- Olá! Meu nome é Houjimmy, prazer em conhecê-los.

Chrno começou a interagir com um dos membros da Blue Pegasus, o Shiro, e começou a falar algumas besteiras como "marido" e "lua de mel". Dei-lhe um tapa e disse:
- Já chega de putaria a essa hora da manhã, tá bom?

Entrei no restaurante junto de Hawk. Chrno pediu uma cerveja para cada e 3 porções de costela de porco. Hawk ficou olhando feio para Chrno. Eu pedi um pouco de frango frito e disse:
- Desculpa pessoal, não posso comer porco na frente do Hawk. Mas a cerveja está ótima e... - Chrno começou a falar umas putarias de novo, dei-lhe um peteleco e disse: - Está pensando que isso aqui são aqueles animes Yaoi que você fica vendo? Estamos trabalhando porra, tenha foco! Daqui a pouco o "kurojimmy" desperta e você não vai gostar.

Eu me recosto na cadeira e digo.
- Então, continuando: Meu nome é Houjimmy Trueheart, sou o God Slayer da Luz. Gostaria de começar a falar sobre... - dei uma olhada em volta do restaurante para ver se alguém estava prestando atenção na gente - a nossa missão. Já está todo mundo familiarizado com os detalhes? - me aproximei dos outros e comecei a sussurrar - alguém tem uma idéia de onde começamos a procurar por essas três demônios?

Tomei mais um gole da minha cerveja e fiquei esperando os outros falarem suas idéias.

_________________
Eu trabalho demais na Fairy Tail.

Minha Ficha
avatar
ADM-Houjimmy
Fairy Tail
Fairy Tail

Mensagens : 170
Data de inscrição : 15/08/2012
Localização : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por Shon Agria em Dom Nov 15, 2015 5:10 pm

❝Restaurante❞



Quando o trem finalmente parou, Shon suspirou em alívio. Estava cansado de ficar sentado olhando pro tempo só imaginando como seriam os mago da Fairy Tail que formariam equipe e quais seriam as habilidades dos magos da guilda das trevas. Passou toda a viagem calado. Quando desceram do trem, os três magos da Blue Pegasus seguiram para um restaurante próximo dali. Os membros da Fairy Tail deviam chegar logo se não já tivessem chegado.

Na porta do restaurante, Shiro tratou de apresentar-lhes para os dois magos ali presentes. Parecia conhecer um deles muito bem. Dando ênfase ao "muito bem". Shon não entendeu muito bem a parte da lua de mel inesquecível. Até então nem sabia que Shiro era gay - sempre achou que ele tivesse um caso secreto com a Shion -, ainda mais casado.

— É um prazer conhecê-los. — Na verdade, não; só estava sendo educado. Como poderia ser um prazer conhecer dois seres sobre os quais ele não sabia nada sobre? Entraram os cinco - seis com o porco - no restaurante e acomodaram-se numa mesa. O pedido foi costelas de porco. "Como é que alguém que cria um porco come carne de porco? Esse pessoal da Fairy Tail é estranho." Um  deles pediu frango, em respeito ao animal sentado à mesa com eles.

O loiro insistia em lembrar da "lua de mel" que teve com Shiro e a cada vez aquilo se tornava menos acreditável. No fim devia ser tudo uma brincadeira. "Chrno, da zoeira." Shon fazia anotações sobre as personalidades dos novos companheiros de missão mentalmente. Deu um gole no copo com cerveja à sua frente. O intrigava que o outro cara da Fairy Tail, Houjimmy, podia beber naquele restaurante, apesar de sua clara aparência de criança.

"Criança precoce ou adulto?" Se perguntava, analisando o jovem de cabelos vermelhos sentado do lado oposto da mesa. "Adulto.", concluiu ao observar a postura de Houjimmy em relação a Chrno. "A questão agora é outra: transtorno dissociativo e identidade ou esquizofrenia?", pensou quando o jovem citou um tal de Kurojimmy. Shon deixou um sorriso fraco escapar e deu outro gole em sua cerveja. Estava se divertindo analisando-os.

— Bom, depois da descoberta do conselho eles provavelmente se moveram. — Disse Shon em resposta a Houjimmy. — Mas podemos começar de onde os soldados pararam. Na "antiga" sede da guilda. — Completou, fazendo aspas com os dedos quando disse "antiga".

Foi um erro Houjimmy espiar se não tinha ninguém olhando antes de falar, eles já chamavam atenção suficiente. Era estranho como o diferente se tornava comum naquela mesa: dois loiros e dois de cabelos vermelhos; Shon era minoria, com exceção de Hawk que só se parecia com as costelas servidas à mesa. Não era preciso olhar ao redor pra saber que grande parte dos olhares do restaurante pairavam sobre eles. Shon deu outro gole em sua cerveja.


_________________
"A PERFEIÇÃO EXISTE, SIM; SÓ É CONHECIDA COMO LOUCURA."
avatar
Shon Agria
Blue Pegasus
Blue Pegasus

Mensagens : 184
Data de inscrição : 09/08/2012
Idade : 20

Ver perfil do usuário http://fairytail-legend.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por Attsuya em Seg Nov 16, 2015 9:24 am

❝Caçada❞




Depois de arrumar suas coisas, Attsuya partiu para a estação de Oak Town com destino a Oshibana. Durante toda viagem o garoto ficou enjoado, foi preciso que os seguranças o tirassem do trem na hora que eles haviam chegado.

Logo eles chegaram até a cidade desejada, o trio da Blue Pegasus se encontrou no restaurante e avistou os membros da Fairy Tail. Aparentemente eles haviam chegado mais cedo, isso era ótimo pois tinha tempo para se apresentarem. Quando se aproximou dos membros da outra guilda, o garoto apenas estendeu sua mão e se apresentou: - Já que meu irmão já disse meu nome, não precisarei falar novamente.

Logo nos dirigimos para dentro do restaurante e nos sentamos. Attsuya não entendia quando o garoto loiro chamado Chrno falava besteiras de Shiro. Todos que estavam no local se apresentaram, todos ali pareciam ser bem amigáveis e bem alegres, todos estavam dispostos a fazer aquela caçada.

Segundos depois, Chrno pediu cerveja para todos os magos que estavam naquela mesa e em seguida pediu uma porção de costelas de porco, Attsuya se estranhou. O motivo estava claro, porque aquele cara tinha um porco e iria comer outro porco? Seria uma desonra para ambos os porcos. Segundos depois o garoto viu que Chrno estava fazendo uma afronta com o porco de Houjimmy.

Logo Chrno disse que tipo de magia usava. Era Arc Of Time. Attsuya desamarrou seus cabelos e deixou solto, a cada segundo que se passava era um gole que o garoto dava em sua cerveja. Logo depois Houjimmy disse que ele era um God Slayer da luz, o garoto ficou impressionado com as magias dos garotos e estava querendo vê-las de perto.

- Huum. - Suspirou o garoto. Em seguida continuou a falar. - Como já sabem, meu nome é Attsuya e eu sou um Sky Dragon Slayer, sou da guilda Blue Pegasus e vim auxiliar nessa caçada.


_________________
avatar
Attsuya
Blue Pegasus
Blue Pegasus

Mensagens : 59
Data de inscrição : 31/10/2015
Idade : 14
Localização : Brazilian

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por Shiro em Seg Nov 16, 2015 1:33 pm



Você de novo...


Shiro não podia acreditar no que estava acontecendo... Estava outra vez reunido com o adolescente tarado que curtia rapazes. Por que essas coisas sempre aconteciam com ele? Além disso, por que não prestara atenção nos nomes que o Mestre Bob havia citado? Bom, provavelmente o desconforto de sua última missão com o rapaz fora tão grande que o próprio subconsciente de Shiro reprimira a existência do garoto.

Shiro pensava em entrarem todos da maneira mais discreta possível para não incomodar os outros clientes do restaurante, mas as coisas não aconteceram bem assim. Para começar, o jovem com a armadura posta fora puxado para dentro do estabelecimento, o que já chamara bastante atenção por ter entrado de maneira desajeitada e barulhenta no local. Acontece que isso não era o que mais chamava atenção e sim, o porco...

Após as introduções, todos se sentaram na mesa, acomodando-se e começando a fazer os pedidos para o almoço. Shiro interferiu quando Chrno pediu uma cerveja para cada um, dizendo: - Por favor, traga uma cerveja a menos. Esse daqui não pode beber. Poderia trazer um suco de laranja no lugar? - Apontou para Attsuya enquanto explicava para o garçom. Após o atendente sair, ele se virou para o pequeno rapaz e disse: - Você sabe que eu não faço isso por maldade, certo? Em circunstâncias normais e festivas eu até deixaria você tomar um pouco de cerveja, porém estamos em uma missão séria representando a guilda. O brasão que você carrega em sua mão mostra exatamente a qual guilda você pertence. Nós não queremos passar a impressão de que a educada guilda Blue Pegasus permite menores de idade beberem. -

Esse não era o único motivo, Shiro também se preocupava com o bem estar do garoto. Tomou ar e continuou: - Além disso, vejo que você ainda está enjoado da sua viagem de trem. A fermentação da cerveja no seu estômago só vai piorar essa sensação de náusea, enquanto que esse suco que pedi vai lhe ajudar. - Shiro dava um sorriso sincero pro jovem, afinal, só queria ajudar os membros da guilda e seu irmão de criação.

O cheiro da comida que chegava parecia ótimo. As costelas de porco bem assadas pareciam tão perfeitas que o rapaz até se sentiu mal por estar desejando tanto comer carne de porco na frente do animal que os acompanhava. Enquanto comiam, Chrno insistia em fazer "brincadeiras" sobre a missão que fizera junto a Shiro. Até hoje o cavaleiro não sabia dizer a sexualidade e intenções daquele outro rapaz, ele era simplesmente estranho.Para a felicidade de Shiro, o outro membro da Fairy Tail, Houjimmy, parecia levar as coisas mais a sério e tentava manter Chrno na linha.

Shiro podia também perceber o analítico olhar de Shon, tomando suas conclusões sobre os membros da outra guilda. O companheiro andava muito calado desde que saíram da guilda. Na verdade desde que Shon e Shion haviam chegado da ultima missão, ambos estavam estranhamente ausentes e calados, algo importante ou preocupante devia ter acontecido.

O companheiro somente abriu a boca para comer e quando deu a ideia de onde poderiam começar a busca por mais informações sobre a Guilda das Trevas. Shiro continuava comendo e tomando sua cerveja, parando apenas para concordar com o que Shon falava, chegou até a pedir outra rodada de comida com mais costelas de porco enquanto continuavam a discussão.

- Shon tem razão. A antiga base de operações dessa guilda pode conter informações úteis tanto sobre a própria guilda quanto ao paradeiro deles. Infelizmente as informações sobre os líderes dessa guilda ainda são um pouco falhas, mas creio que todos já sabem do aviso de NUNCA enfrentarmos os adversários quando eles estiverem juntos, correto? - Disse enquanto quase terminava sua caneca de cerveja.


_________________
...R.I.P to my youth, you can call this the funeral...
avatar
Shiro
Blue Pegasus
Blue Pegasus

Mensagens : 83
Data de inscrição : 31/10/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por ADM - Chrno Sunder em Qui Nov 19, 2015 5:36 pm

Chrno fechou a cara, incomodado com as repreensões de todos e a forma com que o ignoraram, principalmente Shiro. Chrno ficou com do do Attsuya, não parecia ser muito mais novo que ele, então decidiu ajuda-lo. Quando o garçom trouxe o suco de laranja para Attsuya, Chrno usou sua magia - Lost Magic Arc of Time - para fazer o suco de laranja virar um licor de laranja sem que os outros percebessem, além de Attsuya, que beberia o licor. Chrno aproveitou para fazer a cueca do Shon desaparecer, o rapas estava muito quieto, parecia meio tímido, uma vitima perfeita.

Spoiler:

Todos comeram e repetiram.

Chrno teve que concordar com Shon e Shiro, o melhor palpite era começar pela antiga sede da guilda. - Acho que realmente é uma boa ideia irmos para a antiga base da guilda, até agora é nosso melhor palpite.

Quando todos terminaram de comer Chrno pegou sua mochila, enfiou a mão la dentro por alguns segundos e retirou um saco cheio de esferas. Chrno abriu o saco, ele continha cinco lácrimas de comunicação, elas eram pequenas e fáceis de carregar. Em seguida entregou um para cada um de seus companheiros, ficando com a ultima.

- Trouxe em caso de precisarmos nos separar, o alcance delas não é das melhores mas devem servir. Ah, e se por um acaso quebrarem me tragam de volta os pedaços. - Chrno terminou de explicar.

Assim que todos terminaram de conversar Chrno esperou Shiro levantar e levantou em seguida, chegando por traz repetindo o movimento que fizera em sua ultima aventura junto com Shiro, mordeu levemente a orelha do rapas para lhe causar arrepios. Em seguida virou para Shon e piscou o olho sorrindo.

Spoiler:

Chrno estava pronto para ir dirigir ao esconderijo da antiga guilda junto com seus companheiros de missão.
avatar
ADM - Chrno Sunder
Fairy Tail
Fairy Tail

Mensagens : 168
Data de inscrição : 10/08/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por ADM-Houjimmy em Qui Nov 19, 2015 10:06 pm

Chrno sugeriu que fossemos à base da guilda. Eu disse:

- Eu achava melhor que nos separássemos para procurar e cobri uma área maior em menos tempo, mas como a maioria decidir para mim está bom.

Tomei mais um gole de cerveja. Pedi mais frango, umas porções de arroz para acompanhar e cerveja. Ofereci arroz para os outros, por via das dúvidas (só carne não sustenta). Enfim, comi bastante e me fartei.

Chrno estava distribuindo umas lacrimas para o pessoal. Estranhei o fato de ele ter tantas, e perguntei:
- Isso aqui é paraguaio ou você comprou em liquidação? Esse troço funciona mesmo?

Continuei bebendo até a maioria do pessoal ter levantado da mesa. Chrno se levantou logo depois de Shiro. Eu peguei a minha latinha de cerveja e levantei junto. Chrno logo em seguida a sair do restaurante, fez uma cena que me causou espanto:

a cena:


Fiquei surpreso. Quase me engasguei com a cerveja.

minha reação:



Hawk falou comigo:
- Que porra é essa que eu estou vendo, Jimmy?

Fiz uma mímica e falei em alto e bom tom.
A mímica:


- Acho que o Chrno gosta de dar o fiofó - Fiz uma pausa e então disse, em tom de deboche: - Eu sempre desconfiei.

Cutuquei Hawk e fiz um sinal. Então nós saímos correndo um pouco a frente dos outros para nos afastar daquela putaria.

_________________
Eu trabalho demais na Fairy Tail.

Minha Ficha
avatar
ADM-Houjimmy
Fairy Tail
Fairy Tail

Mensagens : 170
Data de inscrição : 15/08/2012
Localização : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por Shon Agria em Sex Nov 20, 2015 12:23 am

❝Meu shipp, ninguém sai.❞



Shon observava e avaliava todos cuidadosamente enquanto bebericava sua cerveja. Não iria comer a carne de porco - que chiava em sua frente - em respeito a Hawk, porco falante conhecido a pouco. De repente sentiu-se livre além da conta nas partes baixas, era como se não usasse cueca. Apesar de saber que havia ficado vermelho ele continuou a beber como se nada estivesse acontecendo, não tinha mais condições de tentar avaliar ninguém ali; só pensava em como ele se sentia nu mesmo tendo vestido cueca antes de sair de casa.

Chrno, então, abriu sua mochila e entregou uma lácrima de comunicação para cada um da mesa. Eram pequenas, mas deviam ter tomado bastante espaço em sua mochila. Provavelmente aquele garoto não estava preparado para a viagem como Shon, mas aquelas lácrimas eram úteis, de toda forma.

Assim que terminaram de comer os jovens foram se levantando. Chrno seguiu Shiro e o abraçou por trás, mordendo sua orelha no meio do restaurante antes de olhar pra Shon e piscar.

Reação:

Ainda sentado e observando aquilo, Shon sentiu uma certa "movimentação" em sua calça e teve certeza de que estava sem cueca. Só não sabia como exatamente aquilo havia acontecido. O garoto levou uma mão até seu nariz que sangrava e a outra até sua calça afim de se esconder. Ainda bem que estava sentado, assim ninguém veria; seria embaraçoso demais.

— Ahm, vocês podem me esperar na porta eu já volto. — Shon se levantou com sua mochila na frente do corpo e saiu andando de costas até o banheiro. Precisava vestir uma cueca nova e parar o sangramento nasal que ocorrera devido a cena vivenciada a pouco. Três minutos depois ele estava pronto. Nariz limpo e de cueca, Shon saiu do banheiro e deixou uma quantia de jewel com o garçom para pagar sua parte. Encontrou com o restante do grupo do lado de fora, tentando disfarçar a vergonha.


_________________
"A PERFEIÇÃO EXISTE, SIM; SÓ É CONHECIDA COMO LOUCURA."
avatar
Shon Agria
Blue Pegasus
Blue Pegasus

Mensagens : 184
Data de inscrição : 09/08/2012
Idade : 20

Ver perfil do usuário http://fairytail-legend.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por Attsuya em Sex Nov 20, 2015 7:55 am

❝Suco De Laranja❞




Na hora que o garçom já estava servindo a cerveja para o garoto, Shiro interrompeu. –Por favor, traga uma cerveja a menos. Esse daqui não pode beber. Poderia trazer um suco de laranja no lugar? –Attsuya não gostou muito da atitude de Shiro, mas como ele era seu irmão mais velho, devia respeitá-lo. Logo Shiro explicou: - Você sabe que eu não faço isso por maldade, certo? Em circunstâncias normais e festivas eu até deixaria você tomar um pouco de cerveja, porém estamos em uma missão séria representando a guilda. O brasão que você carrega em sua mão mostra exatamente a qual guilda você pertence. Nós não queremos passar a impressão de que a educada guilda Blue Pegasus permite menores de idade beberem.

Attsuya concordava com as palavras de Shiro apenas com alguns movimentos. Segundos se passaram e o garçom já havia servido o suco, o aroma era bem cheiroso, quando Attsuya ia dar o primeiro gole ele percebeu que o aroma havia mudado, parecia que aquele suco continha algum álcool. O garoto apenas colocou o copo sobre a mesa e disse: -Shiro-Kun, não posso beber desse suco, parece que ele está com álcool, prove um pouco para você ver.

O garoto arrastou o copo para perto de Shiro e em seguida concordou com Chrno, Shon e Shiro que ir até a antiga base parecia uma boa ideia.

Momentos depois, Houjimmy pediu mais frango e umas porções de arroz, o membro da Blue Pegasus pegou uma das porções e colocou dois pedaços de frango, logo comeu na maior rapidez possível. A comida estava boa e bem saborosa.

Quando todos terminaram de comer, Chrno pegou de sua mochila um saco cheio de esferas, ele continha cinco lacrimas de comunicação, elas eram bem pequenas e fáceis de carregar. Em seguida entregou para cada companheiro. - Trouxe em caso de precisarmos nos separar, o alcance delas não é das melhores mas devem servir. Ah, e se por um acaso quebrarem me tragam de volta os pedaços.  –Explicava Chrono.

Assim que todos terminaram de conversar, Chrno esperou Shiro levantar e levantou em seguida, chegando por trás e mordendo levemente a orelha do rapaz. Para Attsuya aquilo era viadagem, mas não podia falar aquilo com Chrono.

Antes de Attsuya sair dali, Shon pediu para que esperarmos na porta. Com pequenos passos o garoto foi até a porta e ficou esperando Shon e os outros.


_________________
avatar
Attsuya
Blue Pegasus
Blue Pegasus

Mensagens : 59
Data de inscrição : 31/10/2015
Idade : 14
Localização : Brazilian

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por Shiro em Dom Nov 22, 2015 1:41 am


Hell to the no!


Shiro esperava ter um almoço tranquilo, mas obviamente a presença de Chrno tornava isso impossível de todas as maneiras. Shiro conhecia um pouco da magia do rapaz, por isso desconfiou logo de cara quando o suco de laranja de Attsuya começou a ter um odor etílico. Shiro logo olhou com um olhar de maneira repreensiva para Chrno e desconfiava que suas gracinhas não parariam por ali. Afastou o suco para o centro da mesa e disse que quem quisesse poderia bebê-lo. Para distrair mais o jovem cavaleiro, a segunda e cheirosa rodada de porco havia chegado. Aproveitando do resto da primeira caneca de cerveja, Shiro devorou tudo e acabou dando-se por satisfeito em relação ao almoço.

Assim que terminou de comer, Shiro percebeu que Chrno começava a buscar algo em sua mochila e para a surpresa de Shiro, eram cinco lácrimas de comunicação que foram entregues para cada um. Apesar de Chrno ser cheio de gracinhas e conseguir tirar a paciência das pessoas, ele conseguia ser bastante útil quando levava as coisas a sério. Shiro guardou a lácrima que recebera e na verdade acabou concordando com Houjimmy, dizendo:

-Eu também acho que deveríamos nos separar em algum momento para buscar respostas de maneira mais efetiva, porém no momento não temos muita informação sobre onde mais procurar e seria um pouco perigoso nos separarmos de maneira imprudente. Essa guilda faz um bom trabalho em manter sigilo sobre suas operações e ao eliminar os espiões que o conselho manda. No final das contas, isso nos deixa apenas com o antigo esconderijo da guilda. Quem sabe, apartir do que encontrarmos lá, poderemos nos dividir em busca de algo a mais.-

Quando todos terminaram de comer e expor suas ideias, começaram a levantar-se vagarosamente e dirigir-se para a saída do estabelecimento. Shiro continuou sentado por mais um tempo enquanto buscava o dinheiro necessário para pagar a sua parte e de Attsuya. Estranhamente Chrno ainda estava sentado, o que despertou uma desconfiança em Shiro. Desde que atuaram juntos em uma missão há pouco tempo atrás, Shiro aprendeu a SEMPRE desconfiar do rapaz quando estivesse perto dele. Desse modo, esperou Chrno se levantar primeiro, mas isso não aconteceu, os dois simplesmente ficaram ali para ver quem levantava primeiro...

Ainda mais desconfiado, Shiro começou a afastar afastar-se de Chrno -ainda sentado na cadeira- cada vez mais, fazendo um barulho um pouco incômodo enquanto os pés da cadeira se arrastavam no chão. Dessa forma, Shiro pode levantar-se a uma distância segura do rapaz, elevando-se de frente para ele de maneira que pudesse manter os olhos nas futuras gracinhas dele. Ainda tentava manter um pouco de atenção aos seus arredores pare evitar esbarrar em algum garçom que passasse com comida, afinal, não podia ser o culpado por desperdiçar algo tão valioso. Shiro então começou a dirigir-se vagarosa e atentamente até a porta do local para encontrar-se com os outros, tendo a ciência de que NUNCA poderia deixar Chrno andar atrás dele.

Considerações:
- Pois é galerinha, tecnicamente a cena do Chrno não aconteceu porque eu não me levantei da maneira que ele previa.

- É vacilo desconsiderar a parte da reação de vocês, mas tecnicamente não eu ainda não tinha narrado levantando, então... Sorry ^^

- Chrno, eu acabei pagando o suco de laranja que você transformou em licor, então você me deve uma grana ou um suco de laranja.

- O Shiro vai sempre tentar andar atrás do Chrno para evitar momentos como o do Spa, estando sempre desconfiado e atento às gracinhas do rapaz.

- Foi mal por cancelar seu sangramento nasal, Shon. Fiz apenas pelo seu bem, assim você vai ter mais HP pra lutar na caçada. Além do mais, o Spa já ta tenso o suficiente, você pode ter essa reação quando eu levar o Chrno pro rinque de patinação no gelo do Spa (recomendo que crie um Razz)


_________________
...R.I.P to my youth, you can call this the funeral...
avatar
Shiro
Blue Pegasus
Blue Pegasus

Mensagens : 83
Data de inscrição : 31/10/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por ADM-Houjimmy em Seg Dez 07, 2015 6:08 pm



♫ ♪ Eu vou, eu vou, pra caverna agora eu vou ♪ ♫



Nossos heróis seguiram o caminho até antiga sede da guilda das trevas Hungry Demons. Segundo as informações que os magos tinham, ficava em uma caverna dentro da floresta que ficava atrás da cidade.

O caminho foi relativamente calmo, e os magos chegaram rapidamente ao local. Para surpresa de todos, a caverna parecia estar destruida, e a entrada estava bloqueada por enormes pedregulhos e terra desmoronada.

A Caverna:

Por favor imaginem que está desmoronada. Não achei imagem melhor para a cena.


_________________
Eu trabalho demais na Fairy Tail.

Minha Ficha
avatar
ADM-Houjimmy
Fairy Tail
Fairy Tail

Mensagens : 170
Data de inscrição : 15/08/2012
Localização : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por ADM - Chrno Sunder em Sex Dez 11, 2015 9:12 pm

Algumas coisas estavam incomodando Chrno durante a reunião, primeiro Attsuya não quis beber - que criança - pensou Chrno. Segundo alguns dos magos olharam para ele desconfiados quando entregou as lacrimas, como se não tivesse dinheiro suficiente para ter isso. E por ultimo Shiro estava excessivamente cauteloso com Chrno, o que deixava ele bravo. Porem um fato alegou-o, a brincadeira com Shon havia dado certo.

Fora do restaurante esperaram ate que Shon aparecera e começaram a andar até o lugar onde era a suposta base de operações da Hungry Demons. Não demoraram ate chegar até a entrada de uma caverna, porem para a decepção de Chrno ela estava toda desmoronada, seria impossível conseguir alguma pista assim.

Chrno passou na frente dos e foi até a entrada da caverna e passou a mão em algumas pedras na entrada.

- Uhnnn, não sei ao certo o tamanho da caverna, mas devo conseguir… - Murmurou Chrno enquanto estudava o local.

- Afastem-se - Pediu Chrno aos seus companheiros.

De frente para a caverna Chrno abriu os braços e usou sua magia - Lost Magic, Arc of Time - para restaurar a caverna como era antes de ser destruída. As pedras no chão começaram a mover e subir, retomando sua posição original. Chrno sentia uma grande quantidade de poder magico sendo sugada enquanto usava sua magia, bem mais do que era aconselhável, mas continuou a executar sua magia.

Com a intenção de fazer uma apresentação mais teatral para impressionar sua plateia, a medida que as pedras iam subindo Chrno também levantava lentamente os braços.

Spoiler:

Imagine essa gif ao contrario


Quando estava acabando virou para seus companheiros, porem não conseguiu ver nenhum, sua visão ficava cada vem mais escura até que perdeu a consciência.

_________________
avatar
ADM - Chrno Sunder
Fairy Tail
Fairy Tail

Mensagens : 168
Data de inscrição : 10/08/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por ADM-Houjimmy em Sab Dez 12, 2015 12:04 pm

O caminho até a caverna foi tranquilo. Desgraçadamente, ela estava destruida. Eu pensei que essa destruição provavelmente foi intencional, para ocultar alguma coisa. Isso me deixava curioso.

Chrno se apressou a utilizar alguma magia. Por ser seu companheiro já a algum tempo, eu sabia o que estava fazendo: restaurando a caverna. Temí, no entanto, que aquilo fosse muito para a sua capacidade física. Foi então que eu ví Chrno restaurando a caverna lentamente, e conforme levantava os braços as pedras caídas iam subindo e voltando à sua posição original, junto com a terra desmoronada que voltava a fazer parte das paredes da caverna. Era uma cena até bonita.

De repente, ví Chrno perdendo a consciência. Era óbvio que isso iria acontecer, era óbvio para mim que ele nunca tinha feito tanto esforço antes. Conforme ele ia dando passos em falso mostrando sinais de tontura, corrí até ele e o segurei antes que desmaiasse. Peguei ele em meus braços (TENHO FORÇA SOBRE-HUMANA NA PORRA DA MINHA FICHA, FODA-SE) e disse:
- Bom trabalho, Maninho. (Meu personagem é sempai do Chrno)

Eu carregando meu nakama:

Então me virei para os outros e disse:
- Vamos nos apressar, aquí e ir pro próximo local. Não curto muito lugares fechados e escuros, e não sei o quanto a caverna foi restaurada.

Eu entrei na caverna com Chrno em meus braços. Como minhas mãos estavam ocupadas eu não poderia segurar uma lanterna ou algo do gênero. Então eu usei a habilidade básica da minha magia e fiz uma espécie de aura de luz ao redor dos meus cabelos para iluminar o local onde eu estava.

Abram alas para o Mago Super Sayajin:

_________________
Eu trabalho demais na Fairy Tail.

Minha Ficha
avatar
ADM-Houjimmy
Fairy Tail
Fairy Tail

Mensagens : 170
Data de inscrição : 15/08/2012
Localização : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por Attsuya em Sex Dez 18, 2015 3:45 pm

❝Bonde Dos Nakama❞




Tempo se passou e eles já estavam na frente da caverna, infelizmente ela estava destruída. Em seguida Chrno andou um pouco para frente e começou a utilizar sua magia. Arc Of Time. Segundos se passaram e a caverna já estava restaurada, a magia de Chrno era incrivelmente louca. De repente Chrno começava a ficar tonto e caia sobre os braços de seu homem, Houjimmy. Logo Jimmy entrou na caverna com a mocinha sobre suas mãos. Attsuya não perdeu tempo e também foi. Para iluminar o caminho, Jimmy usava sua magia. Uma aura azul surgia sobre o seu cabelo, iluminando o caminho.


_________________
avatar
Attsuya
Blue Pegasus
Blue Pegasus

Mensagens : 59
Data de inscrição : 31/10/2015
Idade : 14
Localização : Brazilian

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O início

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum